"Nunca é alto o preço a pagar pelo privilegio de pertencer a si mesmo." Nietzsche

Tudo que me falta.

imagem via google

O que me falta é espaço para minha solidão
E para meu coração
Poder se expandir nesse meu pequeno apartamento.

O que me falta são mais copos com água,
E taças e jarras
Para eu poder fazer minhas tempestades.

O que me falta são mais relógios parados
E muros desocupados
Para eu em cima poder ficar o tempo que quiser.

O que me falta é mais alma de macaco
Autossuficiência e saco
Para não sair do meu galho e virar caco em qualquer chão.

O que me falta é menos sabedoria
Popular ou de filosofia
Para eu poder sair dessa monotonia de só pensar, pensar e pensar...

Falta-me é barco para atravessar
Rios feitos por minhas lágrimas

E poesias que me façam confessar
Com mais coragem e menos lástimas

Que de tudo que me falta
Só me falta você.

3 comentários:

Leontyna Santos disse...

Tanta falta que me sinto sufocada, que sinto que não posso suportar, mas aí o dia amanhece.

Belíssimo, Indy!
Beijos*:

Ariana disse...

"O que me falta é menos sabedoria
Popular ou de filosofia
Para eu poder sair dessa monotonia de só pensar, pensar e pensar..."

Me falta isso de parar com essa monotonia de pensar, pensar e pensar.
Sair do comodismo, ir a luta!

Adorei teu blog, escreve super bem você!

Beijos

nicolevilhenafg disse...

Amei esse, Ingridd!

"O que me falta são mais copos com água,
E taças e jarras
Para eu poder fazer minhas tempestades."

É isso aí, quem tem alma não tem calma, a gente gosta é da tempestade! Beijo =)