"Nunca é alto o preço a pagar pelo privilegio de pertencer a si mesmo." Nietzsche

Vestida de Amor.


 imagem via internet

Eu sempre gostei de descrever meus sentimentos. Através da escrita eu me liberto e exponho emoções que dificilmente conseguiriam transbordar pela minha voz.
As minhas palavras quando descritas, choram, gritam, formam gargalhadas e até sorrisos tímidos, bem mais e melhores que meu próprio corpo. Tornaram-se assim, meu jeans ou pretinho básico. Permitindo-me também, vesti-las de acordo com cada ocasião...
Agora, por exemplo, vestida de sentimentos bons, eu tenho a certeza que escrever seria a minha melhor forma de lhe contar sobre meus segredos e confessar os turbilhoes de sensações que você me causa. Mas, este Amor – por medo de faltar com um detalhe ou outro e até pelo egoísmo de não querer dividir com ninguém aquilo que é apenas nosso – me segura às mãos me convencendo que ele não é como os outros: jamais se tornará um clichê e mesmo chamando-se Amor, faz o tipo raro, desses que são de verdade.
Esse amor, meu Amor, me enche de garantias e certezas. Me mostra suas peculiaridades e me conta, entre sussurros, que até os amantes nos invejariam se soubessem sobre nós...
Então, pega este coração que já é seu e guarda em qualquer lugar seguro, em qualquer lugar junto a você e de forma que ele não se amolgue mais.
É que por esse Amor, os mundos paralelos ao nosso só leram as partes que transbordar... Como agora.

13 comentários:

Sandro Ataliba disse...

Quando se vive assim, em completude, se conhece o paraíso. Que continue assim. :)

Gislãne Gonçalves disse...

Escrever é sempre bom, " na alegria ou na tristeza"

beijos

Luna Sanchez disse...

Te entendo muito, flor, a escrita também me traduz inteira, me surpreende, me revela pra mim.

Escrever é uma bênção!

Beijos.

Naty Santos disse...

Também sou assim,me expresso bem em palavras...me liberto.

Beijos!

Leontyna Santos disse...

E há coisa mais revigorante que amar? Algum sentimento mais lindo que o Amor? Acho que não! E que ele jamais se torne clichê e permaneça intenso assim, como tem que ser!

Muito perfeito como sempre, Indy!
Beijos*:

Pessoalmente: disse...

"Então, pega este coração que já é seu e guarda em qualquer lugar seguro, em qualquer lugar junto a você e de forma que ele não se amolgue mais.
É que por esse Amor, os mundos paralelos ao nosso só leram as partes que transbordar... Como agora..." brilhante, como vc... como tudo que vc faz e escreve.

Gabriela Freitas disse...

que lindo, que intenso, parabéns sempre por tanta beleza nas suas palavras

Letícia Silva disse...

escrever é tudo isso, é uma forma de se encontrar, de se entender e de entender o mundo melhor. beijo

ANDRÉA disse...

Seu cantinho é muito especial!!!!
Beijos
Andréa

Dri Andrade disse...

que blog lindoo!!!
Adorei e vc tem uma super sensibilidade, parabéns,

bjks

Thaysminy Marques Coelho disse...

Muito bom aspdopasodpaosdpaosdpoapsodapos amei escreve muito bem... parabens

SELIA disse...

Também gosto de escrever os meus pensamentos.
Felicidades!

Only Myself disse...

Para mim escrever é como uma fuga e uma entrega. Ao mesmo tempo que fujo de tudo o que tenho dentro de mim, me desfaço no turbilhão de palavras e me despeço um pouquinho da dor.

Asoro a leveza com a qual você escreve. Bejim