"Nunca é alto o preço a pagar pelo privilegio de pertencer a si mesmo." Nietzsche

Procrastinar, meu Deus, até quando?

eu mesma, sem proscrastinar, sem temer
Eu andei pensando ou pensei andando, tanto faz. Ainda que fosse parada, sentada ou deitada... O importante mesmo é pensar, pois para mim, só quem pensa, produz.
Mas, oh Deus, porque é que somos tão procrastinadores???
Não me responda, eu sei. Eu sei...
É comodismo, é preguiça, é prudência e é... Sobre tudo, medo!
Existe o medo até de pensar. De ter que parar e pensar na solução daquele problema, porque há a possibilidade de não encontrar a solução, porque é bem mais confortável responder “ainda não parei para pensar nisso”, do que admitir que não sabe o que fazer.
Mas, também há o medo de acharmos a solução. Sim... Medo de encontrar a saída e então, ter que executar a tarefa. Porque você também tem medo de fracassar, de cair, de ir parar bem no fundo do poço outra vez - mesmo que lá no fundo tenha uma mola, não importa, há o medo. Medo de ser julgada, de ser jubilada. Medo de ficar sozinha, de se perder.
Há o medo de ousar, de arriscar e ir à luta, porque por mais que o medo de perder seja o maior... Também existe medo do sucesso! Porque se aquilo der certo, e aí? Como vai ser a sua vida? Como você vai fazer para levantar a sua bunda da poltrona e ir produzir algo?
Parece que sempre iremos temer o novo, não é mesmo? Mesmo que seja bom, mesmo que seja o melhor... Sempre teremos medo: medo de sair da rotina, de sair do eixo, de perder o equilíbrio, medo de... Sentir medo. E seja lá qual for o medo, inventamos uma desculpa para nós mesmos e adiamos o serviço, a academia, o médico...
E assim, saímos adiando tudo, como se realmente houvesse amanhã!
Mas, oh Deus, porque é que somos tão procrastinadores???
Não me responda, eu sei. Eu sei...
Sei também que não nos adianta apenas sabermos... Temos que não fugir à luta. Ir e enfrentar nossos dragões, mesmo que sejam moinhos de ventos, mesmo que seja somente medo.
Está na hora de agir como gente grande. De assumir nossas responsabilidades pra hoje, para o-quanto-antes-melhor. Está na hora de parar de deixar para depois de amanhã o que era para ser feito antes de ontem.
Vai jovem... Corre atrás do que você quer. O sucesso não vai vir andando até você.
Eu sempre digo que não adianta pedir para ganhar na loteria e não comprar o bilhete...
Pare de inventar desculpas para si mesmo. Uma hora você vai ter que ir, não é mesmo? Então vá. Vá agora. Aposte na vida. Aposte em você!

                    Queira olhar para Os Céus com fé, mas também com muita luta!
                        E aquele que nunca sentiu medo, que atire a primeira pedra... Mas em mim não, na mentira!

12 comentários:

Fique mais um segundo... disse...

Oi, Indy, bom dia!!
Que lindo texto, menina! Vou gostanto mais e mais daqui...
Ah... Alguns de nós querem tanto pensar se são procrastinadores ou não, que o farão amanhã bem cedo, se Deus quiser...
Certamente, o maior dos motivos é o medo: tanto o medo que não passa de invenção quanto o medo que tem razões reais de existir. De um, é loucura fugir, porque não existe nada lá. De outro, não adianta fugir, porque um dia teremos que enfrentar.
Mas há, também, o conformismo (que é parceiro do medo ou pode ser seu filho). O ser humano é conformista demais.
Para viver uma vida, o ser humano sempre desperdiça outras nove que poderia ter, se tivesse sabido: enxergar, tentar, às vezes até fracassar, mas muitas outras vezes, vencer!
Um beijo carinhoso
Doces sonhos e realizações
Leo

APENAS PALAVRAS disse...

Eu vim de longe, de tão longe, que somente o teu coração pode alcançar essa distância e este sorriso que o amanhã me pediu para te dar.
Compreendo a tua surpresa diante do que eu te digo. Porém, qual surpresa poderá ser melhor do que o vale encantado que eu trouxe para ti?
Sim, bem sei que a tuas saudades são maiores do que o encontro de todas as tuas melhores circunstâncias. Mas a saudade tem isso de sempre ser maior do que temos no presente. Porque toda saudade é incompleta por si mesma.
Porém... Do que te vale mais recordar do que viver? Mais desejar completar a tua saudade do que preencher os teus dias com novas oportunidades?
Tu me dizes que não as têm? Abraço-te com meu carinho e solidarizo-me contigo...
Eu também vim de longe para me encantar com suas lindas e sábias palavras que alcançaram meu coração.
Obrigada grande poeta. Adorei vir aqui e me deslumbrei com as maravilhas de suas inspirações. Tomei a liberdade em postar este comentário em teu blog... Retribuindo desta forma, de uma maneira carinhosa a sua expressiva visita no meu blog, as quais as têm enriquecido com seus mais refinados comentários... Um bom final de semana!
Um grande abraço! E um carinhoso beijo.... HTTP://www.uanderesuascronicas.blogspot.com

Sandro Ataliba disse...

O medo não é algo ruim, pois nos dá limites e nos mostra como nos mantermos vivos. Só não podemos sucumbir totalmente a ele, pois ele ganha força cada vez que vence. Às vezes é obrigatório ignorar o medo e seguir, agir, fazer acontecer. Esperar é tão fácil porque não leva a lugar nenhum.

Marê Glenda disse...

Indy, nada se mantém por muito tempo se não houver amor, fé, luta e identificação com o que se faz. :)

Thaís Alves disse...

A verdade é que a espera só é válida para coisas que estão além do nosso alcance, para essas sim é necessário sabedoria para a espera. E paciência para não sucumbir à ansiedade.

Para todo o resto somos nós que fazemos a hora e o lugar. Se a gente corre atrás, um dia o que a gente busca sempre vem. Mas é preciso ter foco, disciplina, amor e razão.

Beijos

Nara Sales disse...

Seu texto é de motivação total, Indy! Gostei muito.
Simbora pra luta, mulher!

Srtª Vihh disse...

Texto para refletir... Até quando mesmo, não é?

Tatiane Trajano disse...

Medo, medo.. Esse sentimento limita! E por outro lado, nos da forças para enfrentá-lo.

Breno S. Amorim disse...

Como teu blog é sereno...
Gostei do que escreves... ainda mais por falar sobre Deus.

Até mais!

escrita-fina.blogspot.com

Emi disse...

Foi ótimo ler esse texto, aliás, são essas palavras que a gente precisa ouvir pra dar um salto da cadeira e ir à luta. Largar do medo e de tudo aquilo que atrapalha. Queria poder sentir essa vontade de não desistir das coisas todos os dias, porque, certamente, tudo seria melhor. Tudo mesmo.
Beijos, flor!
Ótimo texto!

Salviano Adão disse...

Olá, muito boa postagem, belo blog, parabéns.
Deus abençoe.

Naty Santos disse...

Muito bom para refletir...

Aposte em si.


Obrigado pela força!

Beijos.