"Nunca é alto o preço a pagar pelo privilegio de pertencer a si mesmo." Nietzsche

Dos laços entre nós...

  
imagem via web    

É que esse Você e Eu já se transformou em Nós. Em nós desses que chamam “nós cegos”... Desses que não dá pra desfazer, pra desatar. Desses que não deixam pontas... E temos entre nós um intenso laço... Desses que só tem em presentes especiais e importantes - assim como você é para mim. Desses que de tão grandes e tão bonitos não temos vontade de desmanchar. Desses, fortes como nós. Desses que causa admiração, encantamento e, até uma pontinha de inveja, naqueles que observam.
Laço ou também elo ou sintonia... Só Deus explica a magia que há nesses laços entre nós. E somente nós sabemos o bem que nos fazemos, a alegria que nos causamos e o desejo que temos de ficarmos assim para sempre. É certo que cuidarei desse presente, no presente e no futuro. Cuidarei do nó que a vida deu em nós e não deixarei que nada desfaça nossos laços...

"Assim, para sempre... E para sempre não tem fim."

7 comentários:

Leontyna Santos disse...

Esses nós que nos atam e desatam e nos fazem viver um sentimento novo e intenso que nem mesmo conseguimos explicar...
Também me sinto assim, e não há nada melhor que sentir!

Beijos*:

Pessoalmente: disse...

Eu te amo !!

Maggie May disse...

tem que ser assim, cuidar para não desatar!

Sandro Ataliba disse...

Tudo é eterno entre o início e o fim. E é assim que deve ser. :)

Luna Sanchez disse...

Nesses nós cegos, o tu e o eu se veem plenos, inteiros.

=)

Que lindo, Indy!

Um beijo.

Taa L disse...

Oie flor tudo bem?
Vim te convidar a conhecer a nova página do meu blog e se curtir, participar do sorteio de natal da fronha da imaginarium :)

beijos ;*

julianaescreve disse...

ei mocinha... tempos q nao passo por aqui. seus textos continuam fofos! :)